Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

MORRE SAMBISTA BETH CARVALHO, AOS 72 ANOS, NO RIO DE JANEIRO

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Uma das maiores intérpretes da MPB e uma das maiores cantoras de samba, Beth Carvalho, não resistiu aos problemas de saúde que enfrentava nos últimos anos e faleceu há cinco dias de completar 73 anos. Ela também havia cancelado uma apresentação que faria no Rio de Janeiro.

Uma das figuras de mentalidade progressista, Beth Carvalho, além de ter sido intérprete que lançou novos compositores de samba através de seus discos, era também uma das opositoras do cenário político que se desenhou desde 2016, chegando a se indignar com o uso da gravação dela da música "Vou Festejar", do amigo Jorge Aragão, num protesto contra a presidenta Dilma Rousseff, grande amiga da cantora.

Beth também foi solidária às injustiças sofridas pelo ex-presidente Lula e foi um dos famosos que protestaram contra a prisão do petista, movida por supostas acusações feitas sem fundamento jurídico.

Polêmica, apoiava Fidel Castro, Hugo Chavez e o Movimento dos Sem-Terra, enquanto foi u…

MODERNIDADE FOI ONTEM: MÚSICAS QUE ANTECIPARAM TENDÊNCIAS

A modernidade foi ontem e aqui mostraremos uma breve seleção de canções surpreendentemente pioneiras, que anteciparam tendências que se tornam correntes nos dias atuais. Em certos casos o pioneirismo é aproximado, apresentando apenas alguns aspectos, mas em outros o pioneirismo surpreende.

TOM DISSEVELT & KID BALTAN - SONG OF THE SECOND MOON (1957)

Os holandeses Thomas Dissevelt e Dick Raaijmakers realizaram, no meio da década de 1950 e começo dos anos 1960, surpreendentes experimentos com sintetizadores que poucos conseguem imaginar. São considerados pioneiros da música eletrônica. Usando os nomes de Tom Dissevelt e Kid Baltan, respectivamente, os dois anteciparam a sonoridade eletrônica que só se tornaria típica a partir de cerca de quinze anos depois dessa gravação, "Song of the Second Moon", de 1957.



JOE MEEK - I HEAR A NEW WORLD (1960)

O produtor, compositor e músico experimental inglês Joe Meek era uma espécie de agitador cultural da Grã-Bretanha pré-Beatles. Tendo…

DITADURA MILITAR MUDOU DATA PARA EVITAR SER DESMASCARADA

Por Alexandre Figueiredo

O golpe militar de 1964 quase repercutiu como uma mentira de Primeiro de Abril, quando os militares diziam que estavam realizando uma "revolução democrática" que havia sido "necessária" para combater o "comunismo" que ameaçava se propagar no Brasil.

A comemoração foi creditada antes, 31 de Março, que era o meio do caminho de um processo golpista, para que não houvesse trocadilho com a data, afinal os militares teriam que enfrentar uma série de problemas que a História confirmou, sobretudo quando veio o Ato Institucional Número Cinco, o AI-5.

E como os registros históricos posteriores confirmaram, tratava-se de um levante militar comandado pela chamada "sociedade civil", ou seja, as elites sociais e econômicas que se sentiram incomodadas com o projeto progressista do então presidente João Goulart, que, depois de um período parlamentarista, havia reconquistado o sistema presidencialista em 1963.

Por isso, foi o setor fina…