Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019

MODERNIDADE FOI ONTEM: MÚSICAS QUE ANTECIPARAM TENDÊNCIAS

A modernidade foi ontem e aqui mostraremos uma breve seleção de canções surpreendentemente pioneiras, que anteciparam tendências que se tornam correntes nos dias atuais. Em certos casos o pioneirismo é aproximado, apresentando apenas alguns aspectos, mas em outros o pioneirismo surpreende.

TOM DISSEVELT & KID BALTAN - SONG OF THE SECOND MOON (1957)

Os holandeses Thomas Dissevelt e Dick Raaijmakers realizaram, no meio da década de 1950 e começo dos anos 1960, surpreendentes experimentos com sintetizadores que poucos conseguem imaginar. São considerados pioneiros da música eletrônica. Usando os nomes de Tom Dissevelt e Kid Baltan, respectivamente, os dois anteciparam a sonoridade eletrônica que só se tornaria típica a partir de cerca de quinze anos depois dessa gravação, "Song of the Second Moon", de 1957.



JOE MEEK - I HEAR A NEW WORLD (1960)

O produtor, compositor e músico experimental inglês Joe Meek era uma espécie de agitador cultural da Grã-Bretanha pré-Beatles. Tendo…

DITADURA MILITAR MUDOU DATA PARA EVITAR SER DESMASCARADA

Por Alexandre Figueiredo

O golpe militar de 1964 quase repercutiu como uma mentira de Primeiro de Abril, quando os militares diziam que estavam realizando uma "revolução democrática" que havia sido "necessária" para combater o "comunismo" que ameaçava se propagar no Brasil.

A comemoração foi creditada antes, 31 de Março, que era o meio do caminho de um processo golpista, para que não houvesse trocadilho com a data, afinal os militares teriam que enfrentar uma série de problemas que a História confirmou, sobretudo quando veio o Ato Institucional Número Cinco, o AI-5.

E como os registros históricos posteriores confirmaram, tratava-se de um levante militar comandado pela chamada "sociedade civil", ou seja, as elites sociais e econômicas que se sentiram incomodadas com o projeto progressista do então presidente João Goulart, que, depois de um período parlamentarista, havia reconquistado o sistema presidencialista em 1963.

Por isso, foi o setor fina…

MORREU O ATOR, DIRETOR E DRAMATURGO DOMINGOS DE OLIVEIRA

Por Alexandre Figueiredo

O ator, dramaturgo e diretor Domingos de Oliveira faleceu aos 82 anos, ao sentir queda de pressão e parada respiratória, enquanto escrevia um texto. Ele também sofria do mal de Parkinson e tinha muitas dificuldades para andar, embora se mantivesse ativo até o fim.

Sendo um dos nomes da vanguarda do teatro e do cinema nos anos 1960, Domingos era famoso por dirigir e atuar no filme Todas as Mulheres do Mundo, de 1967, estrelado por Paulo José e pela namorada Leila Diniz (1945-1972), com a qual começou a namorar e depois a lançou como atriz através da peça de teatro Somos Todos do Jardim de Infância.

Ele era formado engenheiro pela Escola Nacional de Engenharia, mas nunca trabalhou na área. Começou como assistente do cineasta Joaquim Pedro de Andrade, em filmes como Couro de Gato (1962). Sua opção pela atuação se deu quando teve uma aula com um diretor da Actor's Studio, famosa escola de atuação dos EUA. Também foi redator na revista Manchete, nessa época.

F…

GUITARRA INSTRUMENTAL PERDE DICK DALE, AOS 81 ANOS

Por Alexandre Figueiredo

O roqueiro médio, ao ouvir "Misirlou", da banda Dick Dale & His Del-Tones, da trilha sonora do filme Pulp Fiction, de Quentin Tarantino, imagina que a canção é do tempo do filme ou, ao menos, um pouquinho mais antiga. Não imagina que a canção é do distante ano de 1962, quase do tempo dos seus avós.

A canção é um dos poucos sucessos do chamado gênero Instrumental Guitar ou Guitar Instrumental, traduzido como Guitarra Instrumental, tendência do rock que tornou-se moda entre 1958 e 1963 no mundo inteiro, famosa por servir de trilhas sonoras de competições de surfe, daí muitas vezes o estilo ser conhecido como surf music. Era conhecido como o rock alternativo e o rock de garagem da época.

Um de seus ícones principais ícones, o músico estadunidense Dick Dale, faleceu ontem aos 81 anos de idade. Ele faria 82 anos no próximo dia 04 de maio. Ele nasceu em 1937 em Boston, Massachusetts e, por incrível que pareça, o primeiro instrumento que ele aprendeu n…

ATRIZES MÁRCIA REAL E MARIA ISABEL DE LIZANDRA MORREM EM SP

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: As atrizes veteranas Maria Isabel de Lizandra - que deixou a televisão em 1998 - e Márcia Real, morreram em dias diferentes, mas na mesma cidade de São Paulo, tendo sido duas grandes estrelas televisivas presentes em várias novelas marcantes.

Atriz Maria Isabel de Lizandra morre em São Paulo aos 72 anos

Do Portal G1

A atriz Maria Isabel de Lizandra morreu na noite de desta quinta-feira (14), no Hospital das Clínicas de São Paulo, segundo informou a família. Ela é umas das primeiras atrizes da TV brasileira, conhecida por vários trabalhos na televisão, como o fenômeno Vale Tudo, um dos maiores sucessos da história da Globo.

Em Vale Tudo, Maria Isabel interpretou Marisa, amiga da personagem Raquel, vivida por Regina Duarte.

A atriz tinha 72 anos e deu entrada no Hospital das Clínicas com quadro de pneumonia.


O corpo está sendo velado no Cemitério do Araçá e o enterro será às 17h no Cemitério da Consolação.

Maria Isabel Reclusa Antunes Maciel, que adotou o nome artísti…

O BRASIL NÃO QUER SABER DE GLAUBER ROCHA, QUE FARIA 80 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Morto prematuramente aos 42 anos, em 1981, Glauber Rocha foi o mais audacioso cineasta brasileiro, além de ter sido um intelectual inquieto e bastante polêmico, que certamente inquietaria o país se continuasse vivo até hoje.

Talvez ele se tornasse uma "pedra", ou melhor, uma "rocha" nos sapatos dos golpistas de 2016, que não teriam sossego diante da veia crítica do baiano de Vitória da Conquista. Glauber teria incomodado muito aqueles que se contentam com o cenário de mediocridade que atualmente domina a cultura brasileira.

Glauber, que também era ator, se tornou conhecido pela trilogia Barravento (1961), Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e Terra Em Transe (1967), mas também foi repórter do Jornal da Bahia, no final da década de 1950 e também foi letrista nas músicas do filme de 1964, compostas por Sérgio Ricardo. Nos últimos anos, Glauber, que também foi ensaísta, foi apresentador de televisão, tendo estado à frente do programa Abertu…

DEMÉTRIUS, PIONEIRO DO ROCK BRASILEIRO, DEIXA OBRA DOMINADA POR VERSÕES DE MÚSICAS ESTRANGEIRAS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: O cantor Demétrius, um dos ídolos juvenis da pré-Jovem Guarda, faleceu ontem a 17 dias de completar 77 anos de idade. Trabalhava como dono de imobiliária, entre outros negócios, mas nos últimos anos eventualmente aparecia nos palcos e programas de televisão para relembrar seus sucessos.

Ele gravou, no começo de carreira, a música "Rock do Saci", em 1961, cuja letra polêmica seria considerada politicamente incorreta, por fazer menção ao tabagismo. Mesmo assim, Demétrius nunca foi um artista envolvido em escândalos e sempre foi um ídolo jovem de conduta mais comportada, mas de significativo talento para o rock brasileiro.

Seu maior sucesso, "Ritmo da Chuva", gravado em 1964, é versão do maior sucesso do grupo vocal-instrumental estadunidense The Cascades, "Rhythm of the Rain", gravada dois anos antes. O próprio Demétrius escreveu a letra em português para a canção de John Gummoe, vocalista dos Cascades.

Numa triste ironia, estava c…

TAVITO SAI DE CENA COMO COMPOSITOR QUE PROPAGOU O IDEAL MINEIRO DE PAZ & AMOR

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Num tempo em que a música brasileira está se tornando extremamente comercial, os verdadeiros artistas acabam nos deixando, abrindo lacunas diversas. Por ironia, Tavito Carvalho, músico integrante do grupo Som Imaginário, que marcou o cenário roqueiro e emepebista do começo dos anos 1970, foi fazer jingles publicitários para sobreviver, enquanto eventualmente lançava seus discos, até 2016.
Tavito é co-responsável, com Aldir Blanc, da música "Coração Verde e Amarelo", certamente não uma de suas melhores composições, por ser, na prática, um jingle para a Rede Globo usar como tema para suas transmissões da Copa do Mundo. Mas sua trajetória inclui inúmeros grandes momentos, como compositor, intérprete, produtor e arranjador.
Seu maior sucesso é "Casa no Campo", em parceria com Zé Rodrix, marcada pela interpretação de Elis Regina, que a gravou em 1972. Ver que os três, com idade para ainda estarem vivos, estão todos mortos, é estarrecedor diante…

BIBI FERREIRA, DIVA DOS MUSICAIS BRASILEIROS, MORRE AOS 96 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Bibi Ferreira foi aonde pôde ir como atriz, diretora e intérprete de grande talento e experiência, como representante de um teatro vibrante como poucos. Filha do ator e mestre do teatro Procópio Ferreira, Bibi herdou a responsabilidade de promover espetáculos de grande qualidade e profundo profissionalismo. Sua carreira foi produtiva e durou décadas, atuando desde bebê ao lado de familiares.

Ela também foi cantora e compositora e apresentou programas de TV como a série "Brasil", programa de auditório transmitido pela TV Excelsior entre 1960 e 1963. Ela havia se aposentado em 2018, quando já não tinha mais energia física para continuar nos palcos.

Bibi Ferreira, diva dos musicais brasileiros, morre aos 96 anos

Do Portal G1

A atriz e cantora Bibi Ferreira, diva dos musicais brasileiros, morreu nesta quarta-feira (13), aos 96 anos, no Rio. Também apresentadora, diretora e compositora, ela foi um dos maiores fenômenos artísticos do país.

Segundo Tina Ferrei…

RICARDO BOECHAT, JORNALISTA, MORRE AOS 66 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Eu saí de casa quando meu pai estava sintonizado na Band News FM com o então habitual programa de Ricardo Boechat. Não se imaginava que o programa seria o derradeiro. A tragédia repentina que atingiu o jornalista chocou todo o Brasil. Comentários a respeito dele eu escrevi em texto acessível aqui.
Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

Do Portal G1

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista "IstoÉ". Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, teve uma coluna diária …

'SOULMAN' JAMES INGRAM MORRE AOS 66 ANOS

Por Alexandre Figueiredo

O soul dos EUA perdeu um de seus grandes artistas. O cantor, multiinstrumentista e compositor James Ingram faleceu aos 66 anos (67 incompletos) depois de perder a batalha para um câncer no cérebro. Até pouco antes da doença, ele seguia ativo em sua carreira musical.

Ele começou como músico autodidata, tocando guitarra, baixo, bateria, piano e sintetizador. Embora sua carreira solo tenha começado na década de 1980, sua carreira se iniciou em 1973, como integrante do conjunto musical Revelation Funk. Ao longo da década de 1970, ele se destacou como instrumentista e músico de estúdio, além de seu trabalho como compositor.

Em 1980, foi descoberto por Lamont Dozier, um dos principais compositores da Motown, e começou sua carreira solo. Embora, na década de 1980 e 1990 ele tivesse feito mais sucesso com canções românticas comerciais, que serviram como temas para trilhas sonoras de filmes de Hollywood, Ingram também foi marcado por outras atividades.

Como compositor…

ETTY FRASER, ATRIZ, MORRE AOS 87 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Atriz e apresentadora de TV, Etty Fraser foi uma das grandes figuras do teatro, cinema e televisão, tendo participado de peças teatrais da companhia de teatro de Adolfo Celi, Tônia Carrero e Paulo Autran. Etty também foi uma das primeiras atrizes do Teatro Oficina.

Ultimamente ela estava doente, mas desejava voltar a atuar, embora não tivesse sido chamada para novos trabalhos. Mas ela não resistiu à doença e se tornou uma das últimas celebridades a nos deixarem no ano confuso e problemático de 2018.

Etty Fraser, atriz, morre aos 87 anos

Do Portal G1

A atriz Etty Fraser, reconhecida por papéis no teatro, TV e cinema, morreu nesta segunda-feira (31), em São Paulo, aos 87 anos. A informação foi confirmada por seu amigo Odilon Wagner, que dirigiu o último trabalho realizado por ela, a peça "A última sessão".


Fraser havia sido internada algumas vezes nos últimos meses por problemas pulmonares e cardíacos, de acordo com Wagner. Desde o último final de semana,…