Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

MORRE CARLOS ALBERTO TORRES, O CAPITÃO DOS CAPITÃES

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: O mundo esportivo perdeu uma de suas mais carismáticas e polêmicas celebridades, o ex-jogador, ex-treinador e comentarista esportivo Carlos Alberto Torres, que se destacou na controversa Copa do Mundo de 1970 como capitão da Seleção Brasileira que dividiu opiniões por se tornar tricampeã naqueles tempos difíceis da ditadura militar.

Morre Carlos Alberto Torres, o capitão dos capitães

Por Philip Verminnen - Agência Deutsche Welle

Carlos Alberto Torres, o capitão dos capitães, eternizado com a célebre imagem levantando a taça do tricampeonato mundial da Seleção em 1970, morreu vítima de um infarto fulminante nesta terça-feira 25, aos 72 anos. O ex-jogador trabalhava como comentarista no canal Sportv, onde realizou sua última participação no domingo. 

Considerado um dos maiores laterais-direitos do futebol mundial, Carlos Alberto chegou a ser escolhido por cronistas esportivos de todo o mundo para a seleção de jogadores sul-americanos de todos os tempos na posição d…

ROCK PERDE BOBBY VEE, ÍCONE DA VIRADA 1950-1960

A boa aparência e os temas predominantemente românticos, à primeira vista, poderiam fazer roqueiros mais radicais torcerem o nariz, mas a verdade é que não deixa de ser triste a perda do cantor Bobby Vee, popularizado pela canção "Take Good Care of My Baby", de 1961, composta por Carole King e Gerry Goffin.

Vee era bem diferente dos canastrões que faziam o chamado "rock comportado" daqueles tempos. A turma de Vee eram os roqueiros que se esforçaram para renovar o cenário musical estadunidense do final da década de 1950, uma cena que foi comprometida por quatro tragédias.

Em fevereiro de 1959, a carreira de Bobby Vee estava no começo, com ele ainda adolescente. num festival musical Winter Dance Party, uma excursão que passou por vários Estados dos EUA, como Wisconsin, Iowa, Illinois e Ohio, com várias atrações: Waylon Jennings, Dion & The Belmonts, Buddy Holly, J. P. Richardson (Big Bopper), Frankie Sardo, Tommy Alstrup, Carl Bunch e Richie Valens.

Bobby Vee er…

BOB DYLAN GANHA O NOBEL DE LITERATURA

Por Alexandre Figueiredo

Os idosos do rock continuam chamando a atenção num contexto em que, no Brasil, o rock virou escravo do hit-parade e há aberrações como jovens se dizendo fãs de bandas ouvindo apenas de um a três sucessos, influenciados por "rádios rock" que nunca passaram de genéricos "guitarrísticos" da Jovem Pan FM.

Afinal, eram músicos que não faziam o rock reduzir a uma masturbação movida a amplificadores, e alguns dos mais expressivos exemplos se apresentam no festival Desert Trip, em Indio, na Califórnia. Um deles, Bob Dylan, recebeu recentemente o Prêmio Nobel de Literatura, uma das categorias da famosa premiação sueca idealizada por Alfred Nobel dedicada a cientistas, ativistas e escritores.

Os juízes do Prêmio Nobel de Literatura levaram em conta a importância da poesia do cantor, nascido Robert Allen Zimmermann, que transformou a forma de escrever letras no rock. Até o músico Jimi Hendrix resolveu se tornar também vocalista e letrista pela forte …

JOHN LENNON NÃO TERIA AGUENTADO MAIS TOCAR "IMAGINE"

Por Alexandre Figueiredo

Muita gente acharia isso um absurdo, mas John Lennon não suportaria tocar "Imagine", composição que completa 45 anos de lançada hoje. A balada, com letra pacifista, tornou-se um grande sucesso mundial a partir de 11 de outubro de 1971 pela mensagem que conquistou multidões.

A música foi feita no contexto da Guerra do Vietnã e das preocupações que os músicos de rock passaram a ter, desde 1966, com os temas políticos e sociais. Mas o sucesso de "Imagine" fugiu do contexto do rock, atingindo um público que nunca estaria familiarizado com a trajetória dos Beatles.

E por que John Lennon não aguentaria mais a música? Sabemos que pessoas que morrem prematuramente viram mitos e se tornam idealizados por pessoas que não conhecem a fundo sua personalidade, mas acreditam que os falecidos adotariam posturas levando em conta não a sua individualidade, mas as expectativas dos fãs.

Não é bem assim. Lennon, acima de tudo, foi um músico de rock. Era o mais…

DESERT TRIP MOSTRA O LEGADO DO ROCK DOS ANOS 1960

PAUL MCCARTNEY, MICK JAGGER, NEIL YOUNG, ROGER WATERS, PETE TOWNSHEND E BOB DYLAN SÃO ALGUNS DOS MÚSICOS ENVOLVIDOS NO DESERT TRIP.

Por Alexandre Figueiredo

Um dos melhores eventos musicais deste ano, sem dúvida alguma, é o Desert Trip, um festival de rock clássico que acontece na cidade de Indio, na Califórnia, e cujas atrações são apenas de músicos e bandas relacionados ao som dos anos 1960, sendo em maioria ingleses.

Há ex-membros de bandas, como Paul McCartney (Beatles), Roger Waters (Pink Floyd) e Neil Young (Buffalo Springfield), o cantor solo Bob Dylan e as bandas Rolling Stones e Who, cujos integrantes que atuaram nos anos 1960 são Mick Jagger, Keith Richards e Charlie Watts (Ron Wood era da banda de Jeff Beck), da primeira, e Roger Daltrey e Pete Townshend, da segunda. Fora Neil, canadense, e Dylan, estadunidense, os músicos são britânicos.

Os Rolling Stones anunciaram um novo disco, que terá a habitual obra de Jagger e Richards mais versões de clássicos do blues. E, no festi…

ULYSSES, O MODERADO DEMOCRATA

ULYSSES GUIMARÃES (D), COM JUSCELINO KUBITSCHEK, TALVEZ EM 1956.

Por Alexandre Figueiredo

Ulysses Guimarães, que teria completado 100 anos hoje, passou a posteridade mais conhecido por ter feito a campanha pela volta das eleições diretas para a Presidência da República, que se tornou conhecida como Diretas Já e por ter presidido a Câmara dos Deputados durante a Assembleia Constituinte que elaborou a Constituição Federal de 1988.

A verdade é que Ulysses, formalmente um político de centro-direita, foi um dos mais moderados da História do Brasil. O que não significava falta de coragem ou atitude submissa. Embora conciliador, Ulysses se destacou pela defesa da lei e pelo combate ao abuso do arbítrio militar. Não foi um dos políticos cassados nem viveu no exílio, o que, para esquerdistas radicais seria uma atitude de fraqueza ou complacência.

Ulysses Guimarães, que foi líder estudantil nos anos 1930 e chegou a ser vice-presidente da União Nacional dos Estudantes, no período 1939-1940. Foi …