terça-feira, 19 de novembro de 2013

GRUPO MONTY PYTHON VOLTA À CENA APÓS 30 ANOS


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Fundado em 1969, Monty Python foi um dos pioneiros do moderno humorismo mundial, em que a elaboração dos textos e de situações sutilmente ridículas tem maior destaque do que bordões, imitações satíricas ou trocadilhos de duplo sentido, e que havia inspirado, no Brasil, a melhor fase do grupo Casseta & Planeta.

Depois de 30 anos separado, com seus membros remanescentes atuando em trabalhos solo, o grupo humorístico inglês - que também fazia eventuais performances musicais - volta a se reunir para novos trabalhos. O grupo ainda vai dar uma entrevista coletiva para detalhar a nova fase.

Grupo Monty Python volta à cena de novo após 30 anos

Da Agência EFE

Os humoristas do veterano grupo comediante Monty Python se reunirão em Londres na quinta-feira para apresentar seus "novos planos de futuro", nos quais trabalharão juntos após 30 anos de silêncio artístico, informou nesta terça-feira um porta-voz.

John Cleese, de 74 anos, Terry Gilliam, de 72, Eric Idle, de 70 anos, Terry Jones, de 71 e Michael Palin, de 70, anunciarão seus planos em entrevista coletiva na capital britânica, embora o porta-voz não quis especificar se o grupo voltará à cena com uma apresentação ao vivo, um especial de televisão ou um filme.

Os responsáveis de "A vida de Brian", com exceção de Graham Chapman que morreu de câncer em 1989, estão há meses trabalhando em segredo neste novo projeto.

"Só restam três dias para a entrevista coletiva de Python. Pedimos que os admiradores de Python estejam em alerta perante a próxima grande notícia", publicou Idle em seu perfil da rede social Twitter.

Este grupo de humor surrealista, fundado no Reino Unido no final dos anos 60, alcançou um grande êxito televisivo com a série "O circo voador de Monty Python", transmitida pela rede britânica "BBC" pela primeira vez em 5 de outubro de 1969 e que levou o grupo a fazer excursões, filmes e musicais.

Depois que a série deixou de ser produzida em 1974, Monty Python se aventurou no cinema com filmes que alcançaram grandes bilheterias e que hoje seguem contando muitos seguidores, como "Os Cavaleiros da Távola Redonda", de 1975, ou "A vida de Brian", de 1979, um êxito que segue sendo transmitido a cada Semana Santa.

Seu último filme, "O sentido da vida", estreou nos Estados Unidos em março de 1983 e foi o último projeto no qual os cômicos de Monty Python trabalharam juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.