Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

A LEMBRANÇA DOS 70 ANOS DE GEORGE HARRISON

George Harrison teria feito 70 anos hoje. Ele havia nos deixado em novembro de 2001, com apenas 58 anos, mas uma trajetória intensa. Afinal, como integrante dos Beatles, George foi um dos responsáveis pela formatação do espírito dos anos 60, através do famoso conjunto inglês que, partindo de Liverpool, sacudiu a cena roqueira do mundo inteiro.

Foi George que fez muitos rapazes procurarem as lojas de instrumentos musicais para comprar uma guitarra e formar muitas bandas. George era o guitarrista solo dos Beatles. John Lennon era outro guitarrista, mas fazia acordes de base e, muitas vezes, tocava violão, além de ocasionalmente tocar piano.

George participou ativamente, mesmo garoto, dos primórdios dos Beatles, mesmo desde os tempos dos Quarrymen. O que significa que também atuou na fase pré-Beatlemania, de 1958 a 1963, que também foi uma riquíssima cena de bandas britânicas.

A história dos Beatles teve peso igual em cada um de seus integrantes da formação clássica, aquela que gravou s…

MORREU NA FRANÇA O MÚSICO BRITÂNICO KEVIN AYERS, ASTRO DO ROCK PSICODÉLICO

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Mais um músico de grande importância morre, deixando o rock órfão. Isso reflete em lacunas insuperáveis, mas pelo menos os músicos possuem um público cativo que continuará admirando eles e assimilando suas lições mesmo postumamente.

O problema é em países como o Brasil, onde a falta de uma cultura rock autêntica e forte faz com que muitos desprezem os grandes nomes do rock, porque são "do tempo da vovozinha". E sobretudo um músico ligado ao "complicado" Soft Machine, banda de rock psicodélico e, depois, de rock progressivo, o guitarrista Kevin Ayers, falecido esta semana na comunidade francesa de Montolieu.

O Soft Machine teve em suas formações integrantes como Robert Wyatt e Daevid Allen, e o grupo chegou a fazer acompanhamento à voz e guitarra de Syd Barrett na música "Octopus", incluída no álbum do antigo líder do Pink Floyd, Opel, de 1988

Morreu na França o músico britânico Kevin Ayers, astro do rock psicodélico

Da Agência E…

TONY SHERIDAN, MÚSICO QUE TOCOU COM OS BEATLES, MORRE AOS 72 ANOS

Por Alexandre Figueiredo

O guitarrista e cantor Tony Sheridan, que teve o acompanhamento da primeira formação dos Beatles, faleceu em sua casa em Hamburgo, Alemanha, aos 72 anos de idade. Ele estava em atividade musical até o fim da vida, embora as gerações recentes pouco tenham noção de sua importância.

Afinal, Tony era um dos roqueiros bastante atuantes na fase pré-Beatlemania (1958-1963), posterior à fase do skiffle, ritmo irlandês com caraterísticas semelhantes ao rock'n'roll dos EUA na mesma época, por volta de 1955 a 1958, lançada por Lonnie Donegan, considerado o pai do rock britânico, falecido em 2002.

Nesses tempos pré-Beatlemania, uma das bandas mais populares eram The Shadows. Havia também o cantor Billy Fury e suas baladas românticas e até mesmo o nosso conhecido músico heavy Ritchie Blackmore (Deep Purple) havia integrado uma banda de rock instrumental da época, os Outlaws.

Tony Sheridan tocou em diversas bandas. No começo da carreira, chegou a excursionar com m…

HÁ 48 ANOS, MORRIA NAT KING COLE

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: As gerações recentes se limitam a ver Nat King Cole como um cantor romântico. Mas esse foi um aspecto menor de sua carreira, já que ele foi um exímio pianista, tinha uma excelente banda de jazz e, com surpreendente desenvoltura, gravou boleros e mariachis com um espanhol impecável.

Nat foi conhecido por sucessos como "Route 66", "Blue Gardenia", "When I Fall In Love", "Unforgettable" e, em espanhol, por canções como "Ansiedad", "Quiçás, Quiçás" e "Cachito". Quando veio ao Brasil, em 1959, tornou-se um grande destaque na imprensa brasileira, pelo seu carisma, talento e popularidade.

Nat King Cole era considerado um dos artistas mais refinados de seu tempo, e permanece até hoje como um símbolo de sofisticação musical que fascinou até mesmo nossos bossanovistas. Atualmente, mesmo num estilo bem diferente do pai, a cantora Natalie Cole segue carreira aproveitando as lições que Nat deixou para …

30 ANOS SEM KAREN CARPENTER

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A cantora da dupla de irmãos Carpenters, a belíssima Karen Carpenter, faleceu no dia 04 de fevereiro de 1983. Talvez esta postagem pareça tardia, mas há exatos 30 anos a notícia do falecimento da cantora já estava espalhada pelos quatro cantos e repercutia mundialmente, causando tristeza profunda em todos os seus fãs.

Os Carpenters podem não ter sido musicalmente excepcionais, mas eram bastante talentosos, pelo talento de pianista de Richard Carpenter e da bela voz de Karen, que por sinal tinha uma beleza sexy que ela mesma não pôde prestar atenção, tão preocupada em se tornar magra que a fez vítima de anorexia nervosa. Pena, porque Karen era linda e desejadíssima mesmo "cheinha" e, se viva estivesse, continuaria belíssima, apenas adaptando suas feições para os 63 anos que poderia completar no próximo dia 02 de março.

Algumas curiosidades notáveis dos Carpenter: os irmãos chegaram a gravar cover da banda progressiva Klaatu e Karen era eventual bater…

REG PRESLEY, DO GRUPO THE TROGGS, MORRE AOS 71 ANOS DE CÂNCER

O vocalista da banda inglesa The Troggs, Reg Presley, morreu aos 71 anos vítima de câncer no pulmão. Ele faleceu em casa, na companhia da mulher e dos filhos, pouco mais de um ano depois dele ter anunciado sua aposentadoria em virtude da doença.

Os Troggs foram uma das bandas mais prestigiadas da chamada Invasão Britânica que se deu depois da apresentação dos Beatles nos EUA. E, juntamente com grupos como The Who e The Creation, fizeram parte do movimento mod que inspirou também a banda punk The Jam e, no Brasil, o grupo paulista Ira!.

Os Troggs inspiraram o jornalista Luiz Antônio Mello, ainda na sua adolescência, a montar um especial promocional para a Rádio Federal AM, em 1972, uma espécie de programa sobre a banda. Mello ganhou a promoção, mas ele trocou o prêmio por um estágio na rádio, iniciando sua conhecida experiência de radialista depois consagrada pela conduta da Fluminense FM.

As gerações recentes pouco conhecem os Troggs, apesar deles terem se entrosado com nomes mais re…

HOMENS "NASCIDOS NOS 1950" NO BRASIL: UM CASO ESTRANHO

EMPRESÁRIOS, MÉDICOS, PUBLICITÁRIOS ETC NASCIDOS NOS ANOS 50 AINDA ESTÃO PRESOS NOS TEMPOS EM QUE MANECO MULLER (FOTO) FAZIA SUCESSO COMO O SOFISTICADO COLUNISTA JACINTO DE THORMES.

Por Alexandre Figueiredo

Os homens que nasceram nos anos 50 no Brasil são um caso estranho. Se escolhem ser surfistas, ativistas estudantis e músicos de rock, eles permanecem fiéis ao seu ideal de jovialidade e juventude espiritual adequados ao contexto do tempo de suas vidas.

Já quem decide ser profissional liberal, executivo ou empresário, se fecha no tempo. Quando em idade universitária, no começo de seus 20 anos - geralmente no começo da década de 1970 - , se deslumbram com o tipo de quarentão que eles entenderam ser sinônimo de sucesso, geralmente um coroa grisalho com mais de 45 anos, enrugado e vestido terno e gravata ou roupa de gala e com uma taça de uísque na mão.

Nem adianta desposarem com moças mais jovens - geralmente bebês ou recém-nascidas naqueles idos dos anos 70 - que eles se fecham aind…