sábado, 24 de novembro de 2012

MORRE NOS EUA O ATOR LARRY HAGMAN, O 'JR', DE DALLAS


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE:  O ator Larry Hagman era uma das figuras mais conhecidas da televisão mundial, a partir de seu estrondoso sucesso no sitcom Jeannie é um Gênio (com roteiro escrito pelo escritor de best sellers Sidney Sheldon), fazendo par romântico com a atriz Barbara Eden, marcada na época pela sua beleza e sensualidade. Mas, depois, Larry tornou-se conhecido também pelo seriado Dallas, que marcou a década de 70 e ganhou uma continuidade recentemente. Pouco antes de falecer, Larry já havia participado da atual temporada do seriado, revivendo o vilão "JR".

Morre nos EUA o ator Larry Hagman, o 'JR', de Dallas

Da Agência France Press

LOS ANGELES, 24 Nov 2012 (AFP) - O ator norte-americano Larry Hagman, que ficou célebre ao interpretar "JR" na série televisiva Dallas, morreu na sexta-feira (local) em consequência de um câncer, informou sua família em um comunicado. "Larry morreu rodiado por seus filhos", declarou a família.

"Foi uma morte serena, como ele desejava", completa a nota. Ainda segunda a família, Hagman morreu na tarde de sexta-feira em um hospital de Dallas, como resultado de complicações de um câncer no fígado.

Hagman foi um dos principais personagens da série Dallas, no papel de John Ross (JR) Ewig, um homem de negócios impiedoso e cruel. A série marcou as noites da televisão norte-americanas de 1978 a 1991 e foi divulgada em todo o mundo a partir dos anos 1980. Vinte anos mais tarde, JR voltou para as telinhas em uma continuação da série junto de parte do elenco original, com sua mulher Sue Ellen (Linda Gray, 71) e o simpático Bobby (Patrick Duffy, 63).

Larry Hagman ficou conhecido em meados da década de 1960 com a comédia televisiva "I Dream of Jeannie" ("Jeannie é um gênio"), na qual interpretava um astronauta da NASA que namorava a charmosa "gênio da lâmpada" Jeannie (Barbara Eden). "Posso dizer honestamente que perdemos não só um grande ator e um ícone da televisão, mas também um elemento da cultura norte-americana", escreveu Eden em sua página do Facebook pouco depois de sua morte.

Nas primeiras horas após o anúncio, dezenas de artistas começaram a se manifestar, como o protagonista de "Star Trek" (Jornada nas estrelas), William Shatner, e o ex-apresentador da CNN, Larry King, que publicou em sua conta no twitter: "Estou surpreso. Ele me ajudou a deixar de fumar. Realmente era uma pessoa muito especial".

Apesar de Hagman viver e trabalhar no sul da Califórnia (oeste dos Estados Unidos), seu nome permanecia indissociável do estado do Texas, cenário de "Dallas". Em 1985, ele apresentou "Lone Star", um documentário sobre a história do Texas divulgado no canal de televisão pública PBS.

Hagman também fez carreira no cinema, interpretando o governador corrupto Picker no filme de Mike Nichols "Primary Colors", com John Travolta e Emma Thompson. Em 2012, vinte anos depois do final de "Dallas", "o canalha" JR retornou às telas pelo canal fechado TNT, em uma continuação da série, e atingiu 7 milhões de telespectadores.

Larry Hagman nasceu em 21 de setembro de 1931 em Fort Worth (Texas). Seus pais se divorciaram em 1936 e ele passou a viver com sua avó, em Los Angeles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.