sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

MORRE AOS 74 ANOS O CANTOR PERY RIBEIRO



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Logo que eu começava a pesquisar sobre Dalva de Oliveira para um capítulo sobre meu livro sobre 1961, ainda em andamento, ocorreu a notícia do falecimento de seu filho, Pery Ribeiro, que teve como pai o compositor e maestro Herivelto Martins. Pery, no entanto, era mais influenciado musicalmente, em sua carreira, com o cantor Dick Farney, sobretudo pelos elementos da Bossa Nova.

O próprio Pery já era um personagem de 1961 e de qualquer forma será citado no meu livro.

Morre aos 74 anos o cantor Pery Ribeiro

Do JB Online

Morreu nesta sexta-feira, no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Niterói, aos 74 anos, o cantor e compositor Pery Ribeiro. Ele sofreu um enfarte fulminante.

A mulher de Pery, a empresária Ana Duarte, informou que o cantor estava internado há 30 dias para tratamento de uma endocardite e tinha alta programada para esta semana. O velório será na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, na Cinelândia.

Peri Oliveira Martins nasceu no Rio de Janeiro no dia 27 de outubro de 1937.

Era filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins. Tinha seis irmãos (quatro por parte de pai, um de pai e mãe, e uma irmã adotiva, por parte de mãe). Foi um grande admirador da obra artística de seus pais, e através deles conseguiu se decidir e apreciar a música, seguindo a carreira de cantor.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

PRIMEIRA TRANSMISSÃO DE TV A CORES NO BRASIL FAZ 40 ANOS



Por Alexandre Figueiredo

Hoje faz 40 anos em que se realizou a primeira transmissão televisiva a cores, a partir da TV Difusora de Porto Alegre (hoje TV Bandeirantes local) e a TV Rio (Guanabara, atual TV Record Rio). A TV Globo, do Rio de Janeiro, também participou da façanha.

O evento escolhido foi o desfile tradicional da Festa da Uva, na cidade gaúcha de Caxias do Sul. A foto em questão, aliás, mostra um ônibus "bicudinho" da Mercedes-Benz, provavelmente O-326, que a TV Rio enviou para o Sul do país.

Era tempos do "milagre brasileiro" da ditadura militar e prefeitos com algum senso de oportunismo instalaram aparelhos de TV pelas ruas da cidade para que a população visse a novidade. Aliás, foi assim que Assis Chateaubriand fez para atrair a multidão para a então recém-inaugurada televisão, em vários pontos-chave da cidade de São Paulo, em 18 de setembro de 1950. Em ambos os casos, eventuais falhas técnicas ocorreram.



Mas quem imaginasse que a televisão a cores era uma proposta recente, não imagina que dez anos antes se pensava em implantar a transmissão colorida na televisão brasileira.

Discutia-se qual o modelo tecnológico a ser implantado. Havia o NTSC, adotado nos EUA, depois aperfeiçoado para o PAL-M para resolver limitações técnicas, e havia o SECAM, adotado na França.

O Brasil adotou, em 1963, o sistema NTSC, depois de testar, no ano anterior, a transmissão a cores do programa Moacir Franco Show, da TV Excelsior. Seriados da TV norte-americana, como Bonanza, exibidos pela TV Tupi, também eram beneficiados pelas cores, assim como o musical-humorístico Times Square (foto acima), também da TV Excelsior.

No entanto, quase ninguém pôde ver a transmissão colorida. Não havia produção de aparelhos receptores de transmissão a cores, e a importação custava muito caro. Isso fez com que a implantação da TV a cores fosse adiada por cerca de uma década.



sábado, 4 de fevereiro de 2012

ATOR BEN GAZZARA MORRE DE CÂNCER AOS 81 ANOS



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Ator muito famoso e bastante prestigiado sobretudo no começo dos anos 60, Ben Gazzara faleceu ontem, depois de lutar contra um tumor no pâncreas. No entanto, até alguns anos atrás, o ator estava em atividade, participando de alguns filmes.

Ator Ben Gazzara morre de câncer aos 81 anos

Do Portal Terra

O ator Ben Gazzara, conhecido pela sua carreira no teatro e no cinema, morreu na tarde desta sexta-feira (3), aos 81 anos, informou o jornal New York Times. Seu advogado, Jay Julien, anunciou que ele tinha câncer de pâncreas e que morreu no hospital Bellevue, em Manhattan.

Gazzara ficou famoso em 1955, na primeira montagem de Gata em Teto de Zinco para o teatro. Ele também trabalhou com o diretor John Cassavetes em filmes como The Killing of a Chinese Bookie (1976), If It's Tuesday, This Must Be Belgium (1969) e Os Maridos (1970).

Mais recentemente, o ator esteve em O Grande Lebowski (1998), O Verão de Sam (1999), Dogville (2003) e Paris, Te Amo (2006).

Casado por três vezes, sua relação mais famosa foi o namoro com Audrey Hepburn, com quem atuou em A Herdeira (1979) e Muito Riso e Muita Alegria (1981). Gazzara era casado com a ex-modelo Elke Krivat desde 1982.