Pular para o conteúdo principal

Postagens

PESSOAS NASCIDAS APÓS 1978 SÃO PRISIONEIRAS DO 'MAINSTREAM'

Postagens recentes

BATERISTA E LETRISTA DO RUSH, NEIL PEART MORRE AOS 67 ANOS

DA ESQUERDA, O GUITARRISTA ALEX LIFESON, O BATERISTA E LETRISTA NEIL PEART E O BAIXISTA E VOCALISTA GEDDY LEE ERAM A SUPER BANDA CANADENSE RUSH.

Por Alexandre Figueiredo

2020 começa com luto no rock clássico. O super baterista do Rush, Neil Peart, perdeu a batalha de um câncer no cérebro e morreu com 67 anos, na verdade 68 anos incompletos, por ele ter nascido em 12 de setembro de 1952.

A banda Rush, inicialmente influenciada pelo Led Zeppelin, marcada pelo rock progressivo, passou depois a modernizar o som e, nos anos 1980, tornou-se bastante curtido entre os praticantes e adeptos do esqueite e do surfe, esportes aparentemente estranhos para o universo do progressivo.

Peart não foi o primeiro baterista da banda que surgiu em 1968 na cidade de Toronto, no Canadá, e que teve várias formações até chegar a última e definitiva. Originalmente, a banda era formada por Lifeson, com o estadunidense Jeff Jones (atualmente no Red Rider) e o baterista John Rutsey, mas Jeff deixou a banda pouco a…

SUE LYON, ATRIZ DE LOLITA, MORRE AOS 73 ANOS DE IDADE

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Embora para muitos soasse estranho que Sue Lyon tenha morrido, isso se deve ao fato dela ter marcado a sua imagem pela juventude em sua breve carreira, iniciada com o polêmico filme Lolita, de Stanley Kubrick, lançado em 1962. Aposentada da atuação desde 1980, ela vivia com o marido e a filha, e teria envelhecido e adoecido seriamente nos últimos anos.

Sue Lyon, atriz de Lolita, morre aos 73 anos de idade

Do portal Omelete

Sue Lyon, atriz que interpretou a protagonista de Lolita no clássico de Stanley Kubrick, faleceu em Los Angeles na última quinta (26). Ela tinha 73 anos de idade [via NY Times].

O motivo parece ter sido causa natural, com um amigo de longa data da atriz afirmando que sua saúde já vinha deteriorando. Lyon deixa uma filha.

A atriz, nascida em 1946, teve poucos papéis antes de ser notada por Kubrick durante participação no The Loretta Young Show. O cineasta então a escalou, aos 14 anos de idade, para viver a garota de 12 anos que protagoniza Lolita…

ANNA KARINA E ZILDA CARDOSO COMO SÍMBOLOS DE UM PASSADO QUE SE DESFAZ

Por Alexandre Figueiredo

Como colocar numa mesma postagem a belíssima musa da nouvelle vague, Anna Karina, e a não-atrativa Zilda Cardoso, conhecida pela personagem Catifunda, também muito em evidência no começo dos anos 1960? O fato das duas terem falecido recentemente, Anna em 14 de dezembro passado e Zilda no dia 20, certamente não é motivo. O motivo é que cada uma representou um passado que hoje se desfaz num tempo muito delicado como o nosso.

Anna Karina foi uma das musas do cinema europeu, que trazia uma nova forma de narrativa cinematográfica, no caso a Nouvelle Vague francesa, que foi uma resposta mais ousada e charmosa ao Neo-Realismo italiano. Ela começou carreira como modelo e seu nome de batismo era Hanne Karin Bayer, e seu nome artístico foi adotado por sugestão da estilista Coco Chanel.

Estrela de filmes como Uma mulher é uma mulher (Une Femme Est Une Femme) (1961), Viver a vida (Vivre Sa Vie) (1962) e O Demônio das Onze Horas (Pierrot Le Fou) (1965), Anna Karina também…

GUERRA FRIA E ALGUNS DE SEUS LEGADOS HOJE

Por Alexandre Figueiredo

As lutas das forças progressistas, hoje, são diferentes em muitos aspectos do contexto da Guerra Fria de 1947-1991. Os golpes políticos da direita não se realizam mais com meros levantes militares, mas com um aparato "legalista" que inclui proselitismo midiático, uso político do aparato jurídico (lawfare) e utilização, também, de todo um aparato de trabalhos parlamentares.

Alguns fatos históricos nos fazem lembrar de episódios que tiveram efemérides recentemente. No último dia 04, lembramos os 50 anos de morte do líder comunista baiano Carlos Marighella, escritor, jornalista e um dos críticos das visões pragmáticas que, de alguma forma, limitam as esquerdas brasileiras.

Sua carreira política incluiu várias prisões, tanto no Estado Novo quanto na ditadura militar. Mariguella foi um dos primeiros prisioneiros pouco depois do golpe civil-militar ter sido realizado, em 1964. E, em 1969, Marighella, foi morto numa emboscada policial ordenada pelo delegad…

JORGE FERNANDO, ATOR E DIRETOR, MORRE AOS 64 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Um dos mais expressivos atores e diretores brasileiros, Jorge Fernando, também conhecido por sua jovialidade e alegria impecáveis, faleceu aos 64 anos, deixando uma trajetória bastante produtiva e marcante.
Exigente quanto à qualidade de atuação dos elencos - no sentido de buscar a perfeição - , Jorge Fernando apostava no valor da dramaturgia associada a uma espontaneidade e naturalidade teatrais, já que foi no teatro que ele começou sua carreira. Graças a ele, a televisão continuou tendo atrações de grande valor e marcada por notáveis atuações. Fará falta uma pessoa com uma personalidade dinâmica como a de Jorge Fernando.
Tanto como ator e diretor, o último trabalho de Jorge Fernando se deu na novela Verão 90, da Rede Globo de Televisão.
Jorge Fernando, ator e diretor, morre aos 64 anos
Do Portal G1
O ator e diretor Jorge Fernando, que ajudou a revolucionar a forma de fazer TV no Brasil, morreu neste domingo (27) aos 64 anos. Ele deu entrada no fim da tarde no …

WALTER FRANCO, CANTOR E COMPOSITOR, MORRE AOS 74 ANOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Num momento em que se discute uma controvérsia envolvendo a biografia de Raul Seixas, tido como suspeito de ter denunciado o amigo letrista Paulo Coelho a órgãos de tortura na ditadura militar, um ícone daquela época, Walter Franco, faleceu hoje, aos 74 anos.
Walter Franco estava internado na tentativa de se recuperar de um acidente vascular cerebral, e antes da doença ele estava ativo e cheio de planos. Considerado um dos maiores cantores de vanguarda da MPB, Walter foi descoberto pelas gerações mais recentes e isso estimulou que seu filho Diogo Franco fosse também seu novo parceiro, trabalhando juntos o último álbum LISTEN - ResiLIência e ResiSTÊNcia, desde 2016.
O disco teve as gravações finalizadas e Diogo irá concluir o trabalho, representando o pai na divulgação póstuma deste disco. Walter Franco é conhecido principalmente pelo álbum Revolver (1974) , cuja capa mostra o cantor com penteado e terno branco à maneira de John Lennon em Abbey Road, dos Beatl…